quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

MULHER CONFESSA TER ATEADO TRÊS FOGOS EM BUARCOS...


(Foto DB/ Luís Carregã)
 
Uma mulher de 56 anos confessou ontem em tribunal a autoria de três incêndios florestais ocorridos em abril e junho do ano passado.
Os dois primeiros fogos tiveram lugar nos dias 25 e 26 de abril em Buarcos – perto da habitação da arguida –, tendo confessado os factos após a detenção. Na altura, o tribunal decidiu aplicar-lhe a pena de prisão domiciliária sob vigilância de pulseira eletrónica.
A 8 de junho, a arguida decidiu sair de casa “por três minutos” voltando a colocar fogo a 40 metros de distância da sua habitação. Em tribunal, a mulher explicou que, nos dois primeiros casos, decidiu levar a efeito este crime por “razões familiares”.
Versão completa na edição impressa

Sem comentários:

Enviar um comentário