sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

CHAMAR MENTIROSO A UM POLÍTICO NÃO É OFENSA...


José Elísio e Lucília Cunha
O antigo presidente da Junta de Lavos chamou mentirosa e incompetente à atual autarca, Lucília Cunha. Indagado pelo DIÁRIO AS BEIRAS sobre uma dívida reclamada pela ADSE àquela autarquia do sul da Figueira da Foz, José Elísio respondeu assim: “Ela está a mentir, é uma incompetente e não sabe o que está a fazer”. Dito isto, acrescentou: “Na próxima assembleia de freguesia, vamos esclarecer isso, olho no olho”.
José Elísio defendeu, por outro lado, que, “ainda que isso fosse verdade, ela não tinha de vir com isso para a rua”. E aduziu que “a lei faculta o direito às juntas de deixar dívidas”, mas, afirmou, aquilo que Lucília Cunha encontrou em outubro de 2017 foram “16 mil euros para receber, dos quais já recebeu mais de sete mil, mas tem de trabalhar mais para receber o resto, mas isso ela não quer fazer”.
“Não respondo a provocações”, respondeu Lucília Cunha, exortando o anterior executivo a provar que pagou os cerca de 7200 euros reclamados pelo subsistema de saúde para funcionários públicos. José Elísio afirmou, contudo, que aquele montante foi pago, mas à entidade errada.

Sem comentários:

Enviar um comentário