segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

TURISTAS AUMENTAM EM COIMBRA...

Número de turistas que visitam a Universidade de Coimbra duplicou em quatro anos

Posted by 

(Foto DB/Luíz Carregã)

O número de turistas que visitam a Universidade de Coimbra mais do que duplicou em quatro anos, passando de 160 mil em 2012 para 355 mil em 2015, disse à agência Lusa o vice-reitor Luís Menezes.
Neste ano, 355 mil turistas de mais de 60 países diferentes visitaram a Universidade de Coimbra (valor contabilizado até 21 de dezembro), registando-se um aumento de cerca de 20% face a 2014, em que passaram pela instituição 293 mil visitantes, informou Luís Menezes.
Quanto à origem dos visitantes, em primeiro lugar surge França, que representa 23% do total de visitantes, seguida depois do Brasil e Itália com 10%, segundo e terceiro respetivamente, Espanha com 09%, Alemanha também com 09% e em sexto Portugal, com 08% dos visitantes (em que estão também incluídas as visitas escolares).
Um dos mercados que está a crescer “é o dos Estados Unidos da América”, que passou de 4% dos visitantes totais para 6%, antevendo-se um aumento em 2016, acompanhado de uma aposta de promoção da Universidade de Coimbra naquele país, frisou Luís Menezes.
Para 2016, a Universidade de Coimbra já tem 150 mil pré-reservas. No entanto, o vice-reitor considera que não é sustentável continuar a crescer a um ritmo de dois dígitos por ano (nos últimos anos o número de visitantes tem crescido cerca de 20% ao ano).

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

CHUVA REGRESSA COM O SEU NATAL 2015...

A chuva está para vir. Saiba o tempo no Natal

Se quer aproveitar o sol deve fazê-lo só até ao próximo domingo: a partir daí já se espera chuva. Saiba ainda que tempo esperar no Natal e na Passagem de Ano.

Se já tinha ponderado guardar o chapéu de chuva por mais uns tempos, prepare-se para voltar a abri-lo. A entrada na quadra natalícia pode trazer chuva a partir deste domingo e durante a próxima semana, indica a previsão meteorológica da AccuWeather, uma companhia norte-americana que estuda o clima internacional.
De acordo com os esquemas apresentados pelo Instituto Português do Mar e Atmosfera, esta quinta-feira já traz as nuvens, que não vão dar tréguas aos arquipélagos, nem às cidades de Castelo Branco, Portalegre, Sines e Sagres na sexta-feira. Mas é a partir de domingo que os portugueses vão sentir o inverno na pele. A chuva começa a cair, mas as temperaturas mantêm-se estáveis até ao final do mês, com algumas abertas até dia 23 de dezembro. Depois, dê as boas-vindas ao novo ano com o sol a brilhar.