CAMINHADA DO PAI NATAL!

terça-feira, 14 de outubro de 2014

INUNDAÇÕES EM LISBOA...


O calçado recomendado para os Lisboetas!

1 comentário:

  1. "A unidade de velocidade marítima usada ainda hoje – o nó – foi inventada pelos portugueses, com base em um método engenhoso. Os nós originais eram dados numa corda, a distâncias equivalentes ao comprimento do casco de um navio.

    Em alto-mar, amarrava-se a corda a um barquinho, que era lançado ao mar. Um marinheiro ficava na amurada, com uma ampulheta na mão. Como não tinha velas, o barquinho ficava parado enquanto o navio se afastava e a corda ia se desenrolando.

    Pelo número de nós era possível saber a distância percorrida com relação à miniatura. A ampulheta informava o tempo gasto no percurso. A medida, chamada até hoje nó marítimo, corresponde a 1,8 quilômetro por hora".

    O abrabeijo navegador,
    a navegar numa casca de noz
    depois de passar o Cabo Bojador
    remou à Figueira da Foz
    em velocidade nunca dantes vista
    a muito mais de dezoito nós.
    Rio Mondego arriba!

    Bom domingo, um abraço.

    ResponderEliminar