sexta-feira, 11 de julho de 2014

COPIA PORTUGAL...

Holanda vai cobrar diárias aos presos


 > * EXTRAORDINARIA MEDIDA DE BOM SENSO, MATURIDADE E PRINCIPALMETE DE JUSTIÇA PARA COM A SOCIEDADE.*

> *Aplaudo esta iniciativa holandesa, que acho justíssima! Nada mais  acrescento às palavras que se seguem abaixo. Está tudo dito!É Pertinente!!*
>
> *...Mas em Portugal são os Presos Coitadinhos com todos os DIREITOS E REGALIAS pagos por todos nós Contribuintes, que eles prejudicaram, e como
> prémio têm melhores condições de vida que os “Velhotes,” cujo único Crime que cometeram, FOI TEREM ENVELHECIDO. **DIREITOS HUMANOS SÓ PARA HUMANOS QUE CUMPRAM A LEI!*
> *Holanda vai cobrar diárias aos presos*
>
> *O Governo holandês, **sàbiamente** e a exemplo da Dinamarca e da Alemanha, vai impor a seus presidiários o pagamento de 16 euros por dia por ficarem
> atrás das grades.* *O projeto de lei deriva dos acordos entre os liberais de direita e social-democratas, e busca duas coisas:* *obrigar o criminoso a assumir o
> custo de seus atos e poupar, concretamente* *65 milhões de euros anuais, em
> despesas judiciais e policiais.*
>
> *Na Holanda existem 29 presídios, sendo que, deste total,* *8 foram fechados por falta de presos.*
> *O Governo holandês diz que o detido é parte integrante da sociedade e que, se comete um delito, tem obrigação de contribuir com os gastos inerentes.*
> *Aqui é o contrário. Os presos não trabalham, são bem alimentados, tratados com direito a televisão, ginásios e todos os direitos hospitalares, sem
> taxas moderadoras, etc., e a família ainda recebe uma pensão. ISTO É JUSTO?*
>
> *Se um dia tal medida vier a ser aplicada entre nós, devemos ter em conta 3 regimes prisionais: o actual, para os pagantes; outro de menor qualidade,
> do género serviços mínimos, para os que, preguiçosos, argumentem não ter meios; e, finalmente, um que corresponda aos privilégios dos que no
> bem-bom, “sofrem” da privação de liberdade controlada por pulseira eletrónica - esses devem pagar tanto como uma diária no Ritz.*
>
> *Um regime do género, traria uma notável poupança, que deverá concorrer para eliminar injustiças sociais como as que incidem sobre os pensionistas;
> outra medida será pôr os detidos a trabalhar para o bem comum mediante remuneração, que lhes permita satisfazer os encargos de estar preso.*
>
> *Não há dúvida, ainda temos muito que aprender com estes países* *que são um exemplo de bom senso e sabedoria...*

Sem comentários:

Enviar um comentário