terça-feira, 24 de junho de 2014

AI SE A MODA PEGA...


Já pensou este Homem comandando Portugal? E se a moda pega?

 

 
Descrição: Descrição: Singapura
Sr.... Lee Kuan Yew
assumiu com mão de ferro o comando do país, que é Singapura e, em seis meses, dos cerca de 500 mil presidiários sobraram somente 50.Todos os outros, criminosos confessos, foram fuzilados. Todo homem público(político, policial, etc.)corrupto foi fuzilado,
pois existiam muitas provas contra eles.

Todos os empresários ladrões foram fuzilados ou fugiram rapidamente do país.

Aquela multidão de drogados,
que ficava dormindo nas ruas,
fugiu desesperadamente para a Malásia,para não ter que trabalhar,
ou seriam fuzilados.

Havia uma mensagem na televisão onde o novo governo avisava que o país estava com câncer e que a única solução era extirpá-lo, tipo
"se algum parente seu foi extirpado, compreenda,ele era um câncer para a nação".

Depois de ter feito toda a limpeza no país, reorganizado o sistema político, judiciário e penal, esse militar convocou eleições diretas e  candidatou-se para presidente.

Venceu as eleições
com 100% dos votos.

Hoje,Singapura é um dos países mais seguros de se morar,
e um dos mais desenvolvidos,
e mais seguros do que os
Estados Unidos, a Inglaterra ou Israel.

Já no avião,
a ficha de desembarque tem um "DEAD" (morte) bem grande em vermelho e a explicação da penalidade sobre o porte de drogas.
Qualquer droga,com zero vírgula alguma coisa de cocaína encontrada, o sujeito ou é sumariamente fuzilado, ou é condenado à prisão perpétua com trabalhos forçados.
Lembra-se daquele surfista brasileiro que tentou entrar em Singapura com uma prancha de surf recheada de cocaína? Óbvio que ele determinou sua própria morte.  A mãe do jovem traficante apareceu na TV pedindo para o Lula interceder pelo filho.
Não adiantou nada.
Nem mãe,
nem Lula,
nem protestos,
evitaram o cumprimento da lei.

Nos hotéis,
os "Guias da Cidade" têm uma página explicando que a polícia de Singapura garante a integridade física de qualquer mulher 24 horas por dia
(isso porque na antiga Singapura, sem lei e ordem, as mulheres que saíam sozinhas eram estupradas e, ou, mortas). 

Distribuir panfletos, sem chance!
Só em lojas, e não devem ser entregues às pessoas, que, se os quiserem, pegam-nos num suporte.
Jogar no chão então... dá multa alta.
No ano passado,a secretária  de um amigo,que estava fazendo um trabalho por lá,foi seguida pela polícia desde sua casa até o trabalho. Quando chegou ao trabalho ligou a seta do carro para entrar no prédio.
A polícia deu-lhe sinal para que  parasse.
Um dos policiais veio até a janela do seu carro e disse: "Como a Sra. sabe, estamos fazendo uma campanha de civilidade no trânsito.
Multando os infratores
e dando bônus a quem dirige corretamente.
E a Senhora, em todo o trajeto da sua casa até aqui, não cometeu nenhuma infração.
Parabéns!..
Aqui está um cheque de 100 dólares singapurianos (equivalente a cerca de R$ 128,00) e pediria para a Sra. assinar o recibo, por favor. 
Pelo visto,
Portugal tem SOLUÇÃO... 
O problema é que a população diminuiria muuuito!


sábado, 14 de junho de 2014

"TROIKA A MARCHAR EM COIMBRA"...

“Troika a marchar” pelas
ruas da Baixa de Coimbra

O quinto desfile de marchas populares, com a participação de 15 grupos, voltou a levar alegria e milhares de pessoas à Baixa, da Sofia à Portagem
Em tempo de Mundial de Futebol, parece legítimo usar linguagem desportiva e dizer que as Marchas Populares são uma vitória sem contestação da Agência Para a Promoção da Baixa de Coimbra (APBC). Ao quinto desfile, com 15 grupos participantes, a animação foi uma constante ontem à noite, um pouco por todo lado. E se não eram as marchas, era o povo a bailar, aqui e ali, sempre perto de uma sardinha assada e, naturalmente, embalado por música dos santos populares.
Para esta edição, a primeira sob liderança de Vítor Marques (Café Santa Cruz), sucessor de Armindo Gaspar, a APBC repetiu o mesmo modelo, com actuações centrais na Praça 8 de Maio, onde um júri avaliou os participantes nas categorias de coreografia, música e traje. (in Diário de Coimbra).

segunda-feira, 9 de junho de 2014

COMO É QUE NINGUÉM SABE...


Rebelo de Sousa "Como é que ninguém sabe de Direito no Governo?"

O comentador Marcelo Rebelo de Sousa teceu hoje algumas críticas à forma como o Governo tem dirigido a questão do chumbo do Tribunal Constitucional a três normas do Orçamento do Estado. Na antena da TVI, o social-democrata considerou que o pedido de aclaração foi um “erro de Direito” e questionou: “Como é que ninguém sabe de Direito naquele Governo?”.
No seu habitual comentário semanal na TVI, Marcelo Rebelo de Sousa debruçou-se, entre outras questões, sobre a polémica em torno do chumbo do Constitucional.
O antigo líder do PSD considerou que “a primeira reação [do Governo] foi dura, mas inteligente com Pedro Passos Coelho e Paulo Portas a vitimizarem-se”.
Contudo, sublinhou, a “segunda reação, que foi o pedido de aclaração, foi um disparate”.
“Foi um erro de Direito. Como é que ninguém sabe de Direito naquele Governo”, questionou Marcelo Rebelo de Sousa.
E continuou: “O Governo achou que ainda estava em vigor uma lei que ele próprio tinha mudado e que podia pedir uma aclaração”.
Na opinião do comentador, o primeiro-ministro cometeu “outra asneira” quando se pronunciou sobre a escolha dos juízes, considerando “um perigo” quando o chefe do Executivo “se põe a divagar”.
“Quando o primeiro-ministro se põe a divagar é um perigo. E então divagou sobre a forma como os juízes são escolhidos que, na verdade, são escolhidos pela maioria”, apontou.
Ainda sobre este tema, o antigo ministro dos Assuntos Parlamentares referiu que “a culpa” da escolha dos juízes é do primeiro-ministro e do vice-primeiro-ministro porque “estavam distraídos e não fizeram o trabalho de casa”.

sexta-feira, 6 de junho de 2014

MAIS UMA DO COMPADRE ALENTEJANO...

    Um alentejano entra numa tasca e vê:

Bagaço____________________    0,40 EUR
Pão com queijo______________  0,80 EUR
Sanduíche de galinha_________  1,80 EUR
Acariciar o órgão sexual_____    10,00 EUR

Verificou a carteira, para não passar por vergonhas, foi até ao balcão e chamou uma das três lindas empregadas:
- Por favor...
- Sim? Responde ela, com um belo sorriso. Em que posso ajudar?
- É você quem acaricia o órgão aos clientes?
- Sou... Responde ela, com uma voz extra sensual.
- Então lave bem as mãos, que eu quero um pão com queijo!

quarta-feira, 4 de junho de 2014

O CONCEITO DA POLÍTICA...


Um rapaz tinha de fazer um tpc sobre o que era para ele o conceito de política. Chegou a casa e perguntou ao pai o que era para ele o conceito de política.
- Por exemplo eu sou o parlamento, a tua mãe é o governo, a empregada a classe trabalhadora, tu és o presente e o teu irmão mais novo o futuro.
Então um dia o rapaz acordou com irmão mais novo a chorar e ouviu o pai a ralhar com a empregada. No outro dia o rapaz disse ao pai que já percebia o conceito de política dele. O pai perguntou porquê e o filho respondeu:
- Enquanto o parlamento está a lixar a classe trabalhadora, o governo está a dormir, o presente não sabe o que é que há-de-fazer e o futuro está todo borrado.

segunda-feira, 2 de junho de 2014

ABERTURA DA ÉPOCA BALNEAR...

Nazaré e Peniche são exceções da região Centro na abertura da época balnear

Posted by 
Figueira
Muita gente procurou a praia neste domingo, mas o vento que se fez sentir não permitiu condições ideais para os primeiros banhos de sol deste ano. Além disso, na região Centro, a época balnear ainda não começou, com exceção das praias da Nazaré e Peniche.
Nos casos em que os areais não abrem hoje, a época arranca em diferentes datas, durante o mês de junho e julho.
Algumas praias da Figueira da Foz já fixaram o período de funcionamento entre 13 de junho e 14 de setembro, mas a generalidade das concessões funciona entre 15 de junho e 15 de setembro, o mesmo período que se verifica na maioria das praias de águas fluviais e lacustres e cujos prazos variam consoante o concelho.
De acordo com a portaria sobre as épocas balneares, publicada em maio em Diário da República, estão classificadas 502 águas balneares costeiras e de transição e 106 águas balneares interiores.