terça-feira, 28 de janeiro de 2014

CASAL DE TRIPEIROS...

   Diz ele:
- 'Amor, tu fazes-me lembrar a nebe! ... Tás sempre tão fria comigo!'...

Responde ela:
- 'Pois, e tu fazes-me lembrar o nebueiro! ... Sempre que bamos prá cama num se bê um cuaralho!!!'

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

A FREIRA DE TORRES VEDRAS...


A FREIRA DE TORRES VEDRAS
Quando a freira entra no táxi, o motorista não para de a olhar.

- Que se passa meu jovem que quase não olhas para a estrada?

- Bem... sabe, é que eu sempre desejei beijar uma freira...

-Talvez possamos resolver isso na condição de seres católico e solteiro.

- É a realidade, sou católico e solteiro.

- Então para num local discreto que satisfaço o teu desejo.

Dito e feito, o taxista beija a freira mas, ao retomar o caminho fica muito acabrunhado, o que não passa despercebido á religiosa:

- Que se passa? Não ficaste contente?

- Sabe, é que eu menti... sou casado e sou muçulmano....

- Não te preocupes, eu sou o Sérgio e vou para o carnaval de Torres Vedras!"

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

MORTE AOS REFORMADOS...


Há um país onde a lei diz que todos são iguais, mas onde há uns menos iguais do que os outros.
Estes ajudaram a erguer o país, e muitos até foram à guerra em nome desse mesmo país.
Mas agora são gente pacífica, de físico debilitado e cujas vozes não chegam ao céu.
Não ameaçam ninguém, não paralisam o trabalho e já não cumprem os padrões de produtividade exigidos.
Adoecem mais do que os outros, e são considerados um fardo para a sociedade pelo que custam em tratamentos.
Não trabalham para pagar o que gastam, embora já antes tivessem trabalhado para pagar o que recebem.
O poder político desse país entende que vivem acima das suas possibilidades e que por isso são uma dor de cabeça.
Acha mesmo que seria mais fácil governar se eles não existissem.
Conclui assim pela sua inutilidade, que estão a mais, que são descartáveis.
Não se importa de lhes dificultar o acesso à saúde, porque é indiferente que morram mais cedo.
Talvez seja até preferível, porque morrendo mais cedo ajudam a melhorar o exercício orçamental.
Sendo alvos fáceis e dóceis, sem capacidade contestatária e sem instrumentos de pressão, nada custa retirar-lhes direitos e regalias antes julgados vitalícios.
Sendo solidários e ajudando os familiares mais carenciados, não recebem em troca a solidariedade do poderes públicos.
Pelo contrário, são os primeiros na linha de fogo, e quando o poder sente alguma aflição financeira é a eles, e muitas vezes só a eles, que começa por retirar as verbas necessárias.
Mesmo que a suprema autoridade judicial se interponha, declarando ilegal tal prática, os governantes não se sentem na obrigação de acatar a restrição, antes a contornam e insistem no mesmo.
E insistem retirando-lhes ainda mais verbas, e retirando a mais vítimas do que antes tinham feito.
Não dizem que aumentam o confisco, mas que estão a recalibrar.
Dizem também que não é um imposto, quando tem toda a forma de um imposto – e um imposto agravado.
Um imposto que se aplica apenas ao tal grupo, e não a todos os contribuintes do país.
Esse grupo são os velhos, e o país, onde não há lugar para velhos, chama-se Portugal.
É um país descalibrado, onde manda muita gente sem calibre.

O Escritor, Jornalista e meu Amigo Joaquim Vieira, dispensou-me amavelmente este seu Artigo, que ontem foi por ele lido na ANTENA 1:                                                  Por:Victor Neves.



sábado, 11 de janeiro de 2014

CAMINHADA OU SEXO...


É SÓ ESCOLHER!

Sexo queima tantas calorias como 30 minutos de caminhada

Homens queimam cerca de 120 calorias em meia hora de sexo e mulheres aproximadamente 90, pouco menos do que numa caminhada.


Quantas pessoas se queixam do peso a mais mas assumem não ter tempo nem dinheiro para fazer exercício físico num ginásio? Muitas, certamente.
Mas a julgar por um estudo da Universidade do Quebeque, no Canadá, pode ficar em forma sem precisar sequer de roupa adequada à prática de exercício, sendo que até a única máquina que precisa é o seu corpo e um parceiro ou parceira a acompanhá-lo/a.
Isto porque a investigação vem provar que ter meia hora de relações sexuais por semana queima quase tantas calorias do que uma caminhada durante o mesmo tempo.
Os investigadores desenvolveram o estudo com 20 casais com idades compreendidas entre os 18 e os 35 anos. Os homens perdem 120 calorias, as mulheres 90 em 30 minutos de sexo e – além disso – sentem-se muito mais felizes do que após correrem na passadeira.
As contas dos investigadores concluem que os homens queimam 4,2 calorias por minuto de relações sexuais e as mulheres 3,1.
O estudo, publicado pela Public Library of Science, sugere que a prática sexual deveria ser considerada um exercício significativo, que contribui para a qualidade de vida e que tem impacto sobre a saúde mental e física.


quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

POEMA DE FERNANDO PESSOA...



Ode marítima
Sozinho, no cais deserto, a esta manhã de Verão,
Olho pró lado da barra, olho pró Indefinido,
Olho e contenta-me ver,
Pequeno, negro e claro, um paquete entrando.
Vem muito longe, nítido, clássico à sua maneira.
Deixa no ar distante atrás de si a orla vã do seu fumo.
Vem entrando, e a manhã entra com ele, e no rio,
Aqui, acolá, acorda a vida marítima,
Erguem-se velas, avançam rebocadores,
Surgem barcos pequenos detrás dos navios que estão no porto.
Há uma vaga brisa.
Mas a minh’alma está com o que vejo menos.
Com o paquete que entra,
Porque ele está com a Distância, com a Manhã,
Com o sentido marítimo desta Hora,
Com a doçura dolorosa que sobe em mim como uma náusea,
Como um começar a enjoar, mas no espírito.
Olho de longe o paquete, com uma grande independência de alma,
E dentro de mim um volante começa a girar, lentamente.
Os paquetes que entram de manhã na barra
Trazem aos meus olhos consigo
O mistério alegre e triste de quem chega e parte.
Trazem memórias de cais afastados e doutros momentos
Doutro modo da mesma humanidade noutros pontos.
Todo o atracar, todo o largar de navio,
É – sinto-o em mim como o meu sangue -
Inconscientemente simbólico, terrivelmente
Ameaçador de significações metafísicas
Que perturbam em mim quem eu fui…
Ah, todo o cais é uma saudade de pedra!
E quando o navio larga do cais
E se repara de repente que se abriu um espaço
Entre o cais e o navio,
Vem-me, não sei porquê, uma angústia recente,
Uma névoa de sentimentos de tristeza
Que brilha ao sol das minhas angústias relvadas
Como a primeira janela onde a madrugada bate,
E me envolve com uma recordação duma outra pessoa
Que fosse misteriosamente minha.

sábado, 4 de janeiro de 2014

AS PRIMEIRAS AULAS DO JOÃOZINHO...


Ao entrar na sala de aulas, a professora escorrega e dá um grande trambolhão. Na queda, a saia sobe-lhe até à cabeça.
Levanta-se imediatamente, toda irritada, ajeita-se, e pergunta aos alunos :
- Luisinho, o que é que você viu?
- Vi os seus joelhos, professora.
- Um dia de suspensão! E você, Carlinhos?
- Vi as suas coxas, professora.
- Um mês de suspensão. E você, Joãozinho?
O Joãozinho pega nos cadernos e dirige-se para a porta de saída da aula :
- Bom, pessoal... até para o ano que vem..


quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

PARECE ANEDOTA MAS NÃO É...



Os patriotas e democratas que temos em Lisboa, já começaram a "trabalhar" em 2014, tirando a quem não devem para se governarem a si próprios, começam muito mal, convidando o povo sereno a possíveis e perigosas revoltas sociais.