sexta-feira, 31 de maio de 2013

A RECEITA DE COELHO AMARGA...


Provem lá e vejam se não tenho razão!
São menos 1.600 milhões, que caem nos cofres do Estado em 2013, mas outra coisa não era de esperar!
Quando um governo despede pessoas, deixa que grandes empresas mudem de país e insolvência de P M  Es, não poderia esperar outro resultado, grave é insistir em continuar o rumo desastroso que tem vindo a seguir, metam-lhe alguma coisa dentro daquela cabeça, por favor!!!

1 comentário:

  1. Desde que tomou posse como primeiro-ministro de Portugal, Passos Coelho só tem feito asneiras, porque ele não sabe governar o país. Está errado mas não quer admitir que está. Então o homem diz que não tem dinheiro para poder pagar os ordenados aos funcionários públicos, como forma de resolver o problema manda-os para o desemprego, além de não produzirem dá-lhe indemnizações e subsídio de desemprego. Aumentam as despesas do estado, diminuem as receitas. Assim não senhor primeiro-ministro. Passos Coelho e Vitor Gaspar são duas máquinas inventas para reproduzirem pobreza. Um país com mais de metade ta população inactiva, não pode criar riqueza. Se não há trabalho, não há economia estável. O governo aumento os imposto, diminui a receita, a única coisa que aumenta com essas medidas é pobreza. Portanto, no fim da legislatura deste governo, se lá chegar estaremos mais pobres do que estávamos quando tomou posse. Só um governo cego como este é que não vê isso.
    Bom fim de semana para ti amigo António,
    um abraço
    Eduardo.

    ResponderEliminar