domingo, 29 de julho de 2012

MAS QUE GRANDE NOTÍCIA!


Menos meio milhar de divórcios no ano passado

Número de divórcios baixa, após 11 anos a crescer. A crise será a principal causa. Mesmo assim, Portugal é o quinto país da Europa com mais divórcios.

Hahaha, grande notícia! Se  há menos  casamentos porque a crise não permite, como pode haver mais divórcios???


quarta-feira, 25 de julho de 2012

PORTUGAL TEM COISAS DELICIOSAS!

O vinho português está a ter sucesso em Angola

Luís Sottomayor, diretor de enologia da Sogrape Vinhos para a Região do Douro, foi nomeado pelo International Wine Challenge na categoria de vinhos generosos.
O enólogo, que trabalha ao serviço de conhecidas marcas de Vinho do porto, nomeadamente Ferreira, Sandeman e Offley, revela que "foi uma surpresa" a nomeação para enólogo do ano.
"Há prémios que têm um sabor especial e este é um deles", afirma Luís Sottomayor, salientando que a distinção é, também, uma ajuda para promover os vinhos lusos, particularmente o vinho do Porto.
Forte ativista na defesa da qualidade, Luís Sottomayor combina um sólido conhecimento técnico com a capacidade de gestão das caves, baseados em mais de 20 anos de experiência na produção, envelhecimento, prova e blending de Vinho do Porto.
Ainda assim, o enólogo reconhece que o título deve ser partilhado com toda a equipa que possibilita um trabalho exemplar e a busca pela perfeição através de uma simbiose entre tradição e inovação.
No mesmo concurso, Luís Sottomayor e a sua equipa de enologia foram ainda agraciados com outro importante prémio: a prova do vinho Offley Late Bottled Vintage 2007, que lhes valeu a conquista de um troféu.



Ler mais: http://expresso.sapo.pt/portugues-nomeado-enologo-do-ano-2012=f742078#ixzz21e7806IB


terça-feira, 24 de julho de 2012

PORTUGUESES DE 1ª E PORTUGUESES DE 2ª!!!


Médicos acumulam salários no Serviço Nacional de Saúde

Ministro da Saúde manda fazer inspeção à contratação de serviços médicos no Serviço Nacional de Saúde. A conclusão é que todos os contratos devem ser revistos.

                                         ****************************************
Esta é mais uma das promessas falhadas, SR. PASSOS! Ou foi só para ganhar as eleições que agora diz que se LIXEM?????


Ler mais: http://expresso.sapo.pt/medicos-acumulam-salarios-no-servico-nacional-de-saude=f741787#ixzz21XZyeQit

sexta-feira, 20 de julho de 2012

O COMANDANTE E O HINO NACIONAL!

                                                                     CRÓNICAS DE RIO E MAR

De parceria com Alfredo Keil, autor da música, Henrique Lopes de Mendonça, oficial de Marinha, escreveu os versos para o hino "A Portuguesa", em 1891, composição que a República viria a consagrar como Hino Nacional, em sessão da Assembleia Nacional Constituinte, de 19 de junho de 1911, presidida por Anselmo Braamcamp Freire.
Com efeito a 11 de janeiro de 1890, a Inglaterra impôs a Portugal o Ultimato na sequência do célebre Mapa Cor-de-Rosa que uniria Angola a Moçambique com as cores lusas. Foi nessa motivação altamente patriótica que nasce "A Portuguesa". Contudo a aprovação da versão oficial somente viria a efetivar-se por iniciativa do então Ministro da Presidência Marcelo Caetano, através da resolução do Conselho de Ministros, publicada no Diário do Governo, 1ª série, nº 199, de 4 de setembro de 1957.
Henrique Lopes de Mendonça nasceu em Lisboa a 12 de fevereiro de 1856. Após ter cursado a Escola Naval, sai Aspirante de Marinha, em 1871, percorrendo durante dez anos portos da Europa e de África, ao mesmo tempo que escrevia para jornais de Angola e da Metrópole.
Escritor, poeta e dramaturgo a sua obra variada abrangeu desde assuntos ligados ao mar-"Estudos sobre navios portugueses nos sécs.XV e XVI",1872, ao drama e ao romance histórico. São dele as peças "A Noiva" 1884 e "O Duque de Viseu", 1886, esta última de grande sucesso, o que levaria o rei D. Luís a conferir-lhe o grau de Cavaleiro da Ordem de Santiago. Na vertente romance histórico, escreveu- "A Morta", de 1890, sobre Inês de Castro, e " Afonso de Albuquerque", de 1897, o primeiro galardoado com o Prémio D. Luís, e o outro, a Comenda de Santiago, entregue pelo rei D. Carlos.
Em 1900 é designado sócio efetivo da Academia das Ciências de Lisboa, passando a exercer a presidência desta instituição a partir de 1915. Em 1923 é eleito para a Academia Brasileira de Letras e nesse mesmo ano recebe a grã-cruz da Ordem de Santiago.
A 25 de maio de 1912 o Capitão-de-Mar-e-Guerra atinge a reforma na Marinha. Faleceria em Lisboa a 24 de agosto de 1931.
                                                                           Eduardo Gonçalves
                                                           (Engenheiro e investigador náutico)

terça-feira, 17 de julho de 2012

TREINADORA HELENA COSTA, CONVIDADA PARA O IRÃO!

Helena Costa tem 34 anos
Luiz Carvalho

Depois de Carlos Queiroz ter assumido o comando da seleção masculina do Irão, a equipa feminina daquele país também poderá passar a ter um toque português. A treinadora Helena Costa, que orientou o futebol feminino no Qatar durante os últimos dois anos e meio, foi convidada pela federação iraniana para orientar a seleção AA e ser coordenadora técnica do futebol feminino nacional.

A proposta está ser ponderada pela técnica de 34 anos, confirmou a própria ao Expresso, sem querer adiantar mais pormenores, uma vez que as negociações ainda decorrem e Helena Costa também tem outras opções em mãos.

A seleção feminina do Irão - cuja utilização do véu islâmico por parte das jogadoras foi recentemente aprovada pela FIFA - é 54ª do ranking Mundial, oito lugares atrás da seleção portuguesa, que é liderada por António Violante.

O contingente luso no futebol iraniano tem vindo a aumentar exponencialmente nos últimos meses, tanto em termos de treinadores como de jogadores. Para além de Carlos Queiroz, Toni também se mudou para o país governado por Mahmoud Ahmadinejad - para o Tractor -, tal como José Costa, que treina o Sanat Naft. Anselmo, João Vilela e Flávio Paixão, no Tractor, e Miguel Pedro (ex-Feirense), no Esteghal, são alguns dos jogadores portugueses que também decidiram emigrar para o Médio Oriente.

Antes de ter sido selecionadora do Qatar, Helena Costa era treinadora nas escolas de formação do Sport Lisboa e Benfica e prospetora do futebol profissional dos escoceses do Celtic. A técnica também foi campeã nacional feminina em Portugal pelo 1.º Dezembro e pelo Odivelas FC.

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/treinadora-portuguesa-convidada-para-selecionadora-do-irao=f740163#ixzz20to1pbQo

NELE JÁ NÃO CONFIAMOS, RUA!



O ministro da Educação Nuno Crato revelou hoje que a auditoria à Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, em Lisboa, envolvida na polémica da licenciatura do ministro Miguel Relvas, arrancou segunda-feira e deverá estar concluída no final do Verão.
Conhecem algum caso deste género, que não dê em águas de bacalhau? Porque ainda pagamos salário a um indivíduo que nos enganou e no qual já não confiamos?

domingo, 15 de julho de 2012

NÃO SERÁ COMIGO, DISSE PORTAS!


"Não será comigo que Portugal vai diabolizar a função pública", garantiu Paulo Portas
"Não será comigo que Portugal vai diabolizar a função pública", garantiu Paulo Portas
Alberto Frias
O presidente do CDS-PP, Paulo Portas, defendeu que, sendo o problema


Ler mais: http://expresso.sapo.pt/corte-dos-subsidios-divide-portas-e-passos=f739774#ixzz20jQOsZp9

sábado, 14 de julho de 2012

NA PRAIA TUDO PODE ACONTECER!


Um rapaz estava na praia, todo nú, naquela de apanhar um solzito. Foi então que viu uma criancinha que se aproximava. O rapaz tapou as partes íntimascom um jornal que estava a ler.
A menina perguntou-lhe:
- O que é que tens aí debaixo do jornal?
- É um passarinho - respondeu ele.
A garota foi embora e o rapaz adormeceu. Quando acordou, estava num hospital com tantas dores que mal conseguia pensar.  


Quando a polícia lhe perguntou o que tinha acontecido, o rapaz respondeu:
- Não sei, estava deitado na praia e uma menina perguntou-me qualquer
coisa sobre as minhas partes intimas e a próxima coisa que sei é que estou aqui.
A polícia voltou à praia, encontrou a menina e perguntou-lhe:
- O que fizeste com o rapaz que estava aqui deitado todo nú?
 Depois de uma pausa, a menininha respondeu:
 - Com o moço? Nada. Eu só estava a brincar com o passarinho, mas o
malandro cuspiu-me. Então eu torci-lhe o pescoço, parti-lhe os dois ovinhos e deitei fogo ao ninho!

quinta-feira, 12 de julho de 2012

FORÇA TELMA!

JOGOS OLÍMPICOS
TELMA MONTEIRO SERÁ A PORTA-ESTANDARTE EM LONDRES

A judoca Telma Monteiro será a porta-estandarte da comitiva portuguesa na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres a 27 de Julho, anunciou nesta quinta-feira o Comité Olímpico de Portugal (COP).
Seguindo explica o COP, o currículo desportivo foi um factor determinante na escolha, frisando a instituição que o actual segundo lugar do ranking e o título de campeã da Europa "foram extremamente importantes".

O COP frisou ainda que tencionava anunciar o nome do porta-estandarte já em Londres, um dia antes da cerimónia, mas que decidiu antecipar-se para não criar "junto dos atletas qualquer desgaste adicional no que se refere a esta nomeação, face às naturais expectativas de vários elementos".

O nome do velejador João Rodrigues, que irá cumprir em Londres a sua sexta participação olímpica, chegou a ser proposto pela Federação Portuguesa de Vela (FPV), sendo que Alexandre Mestre, secretário de Estado do Desporto, já havia sugerido o atleta madeirense numa carta enviada a Mário Santos, chefe da missão portuguesa nos Jogos.




terça-feira, 10 de julho de 2012

A POBREZA EM PORTUGAL!


Pobreza de crianças e idosos em Portugal preocupa Conselho da Europa

Publicado hoje às 16:26

Segundo o Conselho da Europa, o desemprego e os cortes nos salários e nos benefícios sociais estão na base dos problemas vividos por crianças e idosos em Portugal.
O Conselho da Europa está preocupado com o aumento da pobreza entre crianças e idosos em Portugal por causa do efeito das medidas de austeridade.
Num relatório, o comissário para os Direitos Humanos deste conselho, que visitou Portugal em maio, explicou que a austeridade aplicada em 2010 e 2011 aumentou o risco de pobreza entre as crianças.
Nils Muiznieks, que falou com ministros, sindicatos, especialistas e organizações da sociedade civil, pediu uma proteção social mínima e diz que o Governo tem de ter especial atenção às crianças e idosos.
O desemprego dos pais e os cortes nos salários e nos benefícios sociais estão na base dos problemas das crianças que chegam em cada vez maior número às organizações não governamentais, diz o relatório.
Muiznieks sublinhou ainda que a crise não pode ser desculpa para reduzir os direitos económicos e sociais das pessoas mais vulneráveis.
Ler Artigo Completo(Pág.1/2)Página seguinte

segunda-feira, 9 de julho de 2012

NA MINHA CAMINHADA EU VI!!!

DESPORTO À BEIRA-MAR! É BOM, SAUDÁVEL E RECOMENDA-SE.

QUE BOM SENTIR, O BATER DAS ONDAS NAS PRAIAS DA FIGUEIRA.

domingo, 8 de julho de 2012

DE NOVO O EURO EM CRISE!

<p>Jean-Claude Juncker, líder luxemburgês e do Eurogrupo, à chegada ao Conselho Europeu de 28 e 29 de Junho</p>
                   (Foto: Georges Gobet/AFP)
JEAN- CLAUDE JUNCKER, LÍDER LUXEMBURGUÊS E DO EUROGRUPO, À CHEGADA AO CONSELHO EUROPEU DE 28 E 29 DE JUNHO.

Uma semana após a Cimeira, ambiente de crise está de novo instalado no Euro.


O pessimismo decorre das poucas armas utilizadas para combater a crise, visíveis nas decisões do Banco Central Europeu (BCE), e do alarme pelos sinais crescentes de divisão na zona euro, materializada nas declarações da ministra das Finanças da Finlândia, ao colocar de lado qualquer cenário de assumpção de responsabilidades pelas dívidas dos outros países. O ambiente negativo face à evolução da crise europeia é ainda agravado pela evolução negativa que se verifica agora noutras economias mundiais como os EUA ou a China.
                                                               (Notícia em economia. Público PT)

sábado, 7 de julho de 2012

ATÉ QUANDO NUM PAÍS EM CRISE, VAMOS PERMITIR ISTO???



Macário Correia consegue pensão de reforma e ainda espera pensão vitalícia

06.07.2012 - 21:19 Por Lusa
Quando me for atribuída essa pensão, que requeri há algum tempo, poderei optar por auferir as duas pensões e recusar o vencimento da Câmara”, disse hoje o autarca à agência Lusa. 

O despacho que atribui ao actual presidente da Câmara Municipal de Faro uma pensão da Caixa Geral de Aposentações no valor de 2.321,44 euros foi hoje publicado no Diário da República. 

Todavia, Macário Correia referiu à Lusa que, no exercício do direito que a lei lhe confere, optou, para já, pelo vencimento da autarquia e dispensou a reforma que hoje lhe foi atribuída - cujo direito fica salvaguardado -, ficando com direito ao ordenado e aos direitos de representação pagos pelo município. 

O autarca social-democrata desmentiu qualquer relação entre o pedido das reformas e o recente acórdão do Tribunal do Supremo Tribunal Administrativo (STA), de 20 de Junho, que determinou “a perda do actual mandato” de Macário Correia. 

“É uma coincidência inconveniente e sujeita a interpretações malévolas”, disse, refutando que esteja preocupado em obter qualquer “almofada de bem-estar” para o caso de o recurso que apresentou vir a ser indeferido. 

Observou ainda que o pedido de reforma que agora foi deferido foi feito há um mês, mas que já o podia ter feito há seis anos, quando completou 30 anos de serviço, se estivesse disposto a perder o direito às despesas de representação. 

“Contudo, há dois anos houve um parecer da Procuradoria-Geral da República segundo o qual os autarcas no activo tinham direito àquelas despesas e à opção entre reforma e vencimento, pelo que há dois anos que eu podia ter feito esse pedido com vantagens”, adiantou Macário Correia à Lusa. 

O autarca asseverou ser há vários anos alertado por colegas para a perda de direitos a que estava sujeito, mas foram as recentes medidas de austeridade, as quais atingiram os ordenados dos autarcas, que o convenceram a avançar para os dois pedidos que fez. 

“Perdemos primeiro cinco por cento, depois mais dez por cento, depois os subsídios de férias e de Natal e um presidente de câmara hoje ganha metade do que ganhava há pouco mais de um ano”, garantiu. 

Sublinhou que deveria estar a auferir de acordo com três fracções: as despesas de representação da câmara, a pensão de reforma da Caixa Geral de Aposentações e a pensão vitalícia, que requereu à Assembleia da República. 

“Há 15 anos já tinha direito a essa pensão vitalícia e não a requeri porque não tinha 30 anos de serviço efectivo”, reforçou. 

O acórdão do STA de 20 de Junho, tornado público na passada terça-feira, condena Macário Correia a perda de mandato como presidente da Câmara de Faro, por alegada violação do Plano Regional do Ordenamento do Território do Algarve e Plano Director Municipal, relativamente ao licenciamento de vários projectos, quando era presidente da Câmara de Tavira. 

sexta-feira, 6 de julho de 2012

OUTROS TEMPOS, OUTRAS GUERRAS!


Estávamos em 1967, depois da minha missão que me foi imposta, ao serviço da Companhia Nº8 como fuzileiro, foi o adeus a Lourenço Marques, hoje Maputo, o cheiro a África 40 anos passados, continua no meu nariz, aquele povo maravilhoso e as suas tradições continuam no meu coração para sempre, dificilmente lá voltarei, mas "vou levar-te comigo Moçambique".

quarta-feira, 4 de julho de 2012

terça-feira, 3 de julho de 2012

A BREVÍSSIMA LICENCIATURA DE RELVAS!

foto: António Pedro Ferreira
Uma licenciatura de três anos realizada em apenas um. O caso da licenciatura de Miguel Relvas em Ciência Política e Relações Internacionais na Universidade Lusófona é hoje notícia em vários jornais, entre os quais o "í" ao qual o ministro explicou que a conclusão foi "encurtada por equivalências reconhecidas e homologadas pelo Conselho Científico da referida universidade em virtude da análise curricular a que precedeu previamente".
Relvas entrou para o curso da Lusófona em outubro de 2006, já depois de ter sido secretário de Estado da Administração Local no Governo de Durão Barroso, e obteve o diploma em dezembro de 2007.
"Tirei o curso de Ciência Política e Relações Internacionais na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, em Lisboa, depois de ter frequentado, na década de 80, os cursos de Direito e História", declarou o atual governante ao "i".

Apenas uma cadeira e com 10 valores 


O "Público" refere, contudo, que apesar de Relvas ter anteriormente frequentado os referidos cursos, apenas tinha concluído uma cadeira, com a classificação de 10 valores.
Segundo o "i", Felciano Barreiras Duarte, atual secretário de Estado de Relvas, era professor do curso de Relvas na Lusófona.
A questão da licenciatura de Relvas foi levantada a 7 de junho pelo jornal "Crime" com um artigo que tinha como título "Miguel Relvas não revela percurso académico". Entretanto o jornal publicou outras notícias sobre o assunto que ganhou destaque nas redes sociais.
O governante acabou por falar sobre o assunto na edição de hoje do "i": "Tendo iniciado a minha atividade política e profissional ainda muito jovem, num altura em que a política mobilizava milhares de cidadãos na primeira década após o restabelecimento da democracia em Portugal, esta intensa participação cívica em que me empenhei tornou-se, à época, incompatível com as obrigações académicas". 
                                                                            (Expresso)




segunda-feira, 2 de julho de 2012

MAIS UMA MENINA D´OURO, PORTUGUESA!


Dulce Félix campeã da Europa

Dulce Félix conquistou a medalha de ouro nos 10 mil metros, nos Europeus de Atletismo que decorrem em Helsínquia.


A portuguesa Ana Dulce Félix é a nova campeã da Europa dos 10 mil metros, ao triunfar hoje na prova disputada em Helsínquia.
A atleta portuguesa ganhou, fazendo 31 minutos e 44,88 segundos, depois de ter passado grande parte da corrida isolada na frente. Subiram ainda ao pódio a britânica Jo Pavey, em segundo lugar, e a ucraniana Olha Skrypak, em terceiro.
Ana Dulce Félix, de 29 anos, é a atual vice-campeã europeia de corta-mato e consegue em europeus de pista a 11ª medalha de ouro para Portugal, a segunda na prova de 10 mil metros femininos.

O historial português ainda é dominado por Rosa Mota e Francis Obikwelu, com três títulos cada, seguindo-se Manuela Machado, com duas medalhas de ouro, e Fernanda Ribeiro, António Pinto e agora Ana Dulce Félix, com uma cada.

No total, Portugal tem já 27 medalhas, nas 20 edições em que participou, sendo que três foram conseguidas agora, em Helsínquia - também conquistaram medalhas na Finlândia Patrícia Mamona (prata) e Sara Moreira (bronze).